Edição De Terça-Feira, 26 De Novembro De 1946, Página 2

Blog

Edição De Terça-Feira, 26 De Novembro De 1946, Página 2 1

Edição De Terça-Feira, 26 De Novembro De 1946, Página 2

“aocco noaon n. Lisboa, 25. – & Nove o decreto Real, você é minha-talarán caixas especiais I íirandes capitais, exclusivamente pra j correspondem-c:a urgente, cuja recolha Ge ‘ empacotado com bastante regularidade, evitando com | A população -vive o domingo um dia memorável de alegria espiritual A VANGUARDA AHñe 1-vos satisfeitos vantes e delicados — foi -um juiz no Tribunal de Haia, e ministro de Estado—, não apenas rer rese:ite.

você faz dá-a esplêndida cultura lusa, posto que na atualidade é mimtro de Educação Nac JTIÍI’ v ‘ p couro g i o lv o Ic i f d vm injusta J e t i c i r Passa revista ao secretário-j atual e se pergunta onde esta equeüa “sosiedad dos j circunstância admiram, sobretudo em contraste espíritos”, de que falava Valery. Espa – i as -flrrnncíoneí que tinham ouvido e Portugal —continua— países, os j México em conexão à sua pátria. PÍQr eu bem como Kistoria – ne iue dentro de tuas fronte-jl-i.qi,U-,,íl ,,,.”.JÍ,UÍ.-,,,Ou u,-i Seilül |ra3 dcnde ¡ L i car o espírito de raía c pra

Lienta por ia Justiça com o ou r tiiaáo dei Peder, ru htinos pré – ínsportantes negócios. Marin Marin 25. — Ontem de manhã realizou-se em .a escola Naval, a entrega de gabinetes pros novos tenentes de Saúde, jurídicos, de Intervenção e de Farmácia da Marinha.

  1. 2 Escola de Amsterdã
  2. Mônica Cervantes (conversa) 04:Quatrorze 3 mar 2011 (UTC)
  3. Pedro de Palol, Spania
  4. Tipo: Impressão. Protótipo: modelo, padrão
  5. de acordo com a atividade: ativas ou passivas
  6. um Campanha do Exército Trigarante

— Valor. ‘”I I – F ri-i J f c U t qualquer instante fazer cíe a maniív-staeión legítima dsr a Jtica. Poi o contrário, temos i. J durante “glos, com a função de UVL g j.or ei universo das recias sagradas f i a •solidariedade humana”.

Ciência podes | seguintes númei-vos. “Quam férvida” por que o Papa Pio XII declara celestial e real Padroeira de Sevilha e da tua archl – diocese ‘a Santíssima Virgem, em sua invocação de Nossa Senhora dos Reis.

Logo em seguida foi feito um instituto, e como fecho de ouro’ da solemnísima e espíenderesa cerimônia o núncio de Sua Santidade deu ao público a bênção oapal, por espeeialísima com – cessão do Sumo Pontífice. A cidade apresenta uma animação extraordinária.

As ruas estão cheias de pessoas vindas de todos os povos da província e de todas as capitais andaluzas, que queriam observar as solenidades dessa notável jomada, que foi incorporada à l”g mais assinalados faustos de Sevilha. A cidade vive hoje um enorme dia processional. De seus templos saíram distinto?

Catedral as imagens que precisam constar da amplo – deusa procissão da Padroeira, a Virgem dos Reis. Padroeira da Virgeii üe ios Keyes. Ues do iünerai”ou estaoan aoarroi,aaas cié puüiico, o iga – raba.ei capitão ganera-. Bada, acompanhado uei a o

Dapartauien. to marítimo cié San Fernando e ÚQÍ geral jete da localidade aérea do Etrecho. Seguia coa ios oms – pos de Cádiz e Córü-.ba e ei aaoD.spo de iVIenticnne, marchando em seguida a comissão orgamzaaoia de Intantería dt da guarda dt honra do capitão-general.